10 perguntas e respostas sobre dançar tango

tango2

Acha o tango lindo mas parece um mistério? Ele tem vários enigmas, mas dá pra ir descobrindo aos poucos, e nenhum deles é justificativa para não começar. Preparamos 10 perguntas e respostas básicas para quem está pensando em dar os primeiros passos.

Tango é o que dançam os bailarinos dos shows de Buenos Aires?

Sim. O que se vê nos shows de Buenos Aires é tango, mas transformado pra ser apresentado como espetáculo. O tango que a maioria das pessoas dança é uma dança de salão, como bolero, samba de gafieira, salsa, bachata, forró, cumbia, valsa, zouk. E todo mundo pode dançar.

Eu nunca dancei nada. É muito difícil?

Até os bailarinos dos shows um dia nunca tinham dançado nada. Pra dançar o tango de salão basta começar a fazer aulas. Depois, vai ser difícil ficar sem dançar.

Tem que ter par?

Não. O tango de salão é uma dança de pares e se pode ir com o seu, mas também se  dança com outras pessoas. Para quem não está acostumado, pode parecer estranho, mas é uma das coisas mais legais do tango. A maioria das pessoas sai sozinha para dançar. Ou vai com seu par e ambos dançam com outras pessoas.

Que idade têm as pessoas que dançam?

Todas. Absolutamente todas. Talvez crianças seja mais difícil de encontrar, mas também podem aprender. 😉

Onde se dança tango?

O tango é dançado em bailes, chamados milongas. É como ir na gafieira, no pagode, no fandango ou mesmo numa festa. Também se dança tango nas práticas, que são muito parecidas com as milongas, mas mais informais. Pra saber mais sobre o que é uma milonga, vale dar uma lida no Milonguero de primeira viagem.

É uma dança sensual?

É uma dança em que as pessoas têm uma ligação muito próxima enquanto dançam (mas não precisa dançar colado, cada um tem seu estilo!), que pode gerar muitas sensações, entre elas a de sensualidade, que em geral é mais pela dança em si do que pela outra pessoa. Outras sensações também são despertadas, como brincadeira, desafio, tranquilidade, parceria, às vezes alguns incômodos, dependendo de cada pessoa e de com quem estamos dançando. O que os tangos de show fazem é mostrar no palco algumas delas. Se a sua ideia é sair só para ficar com alguém, “romanticamente” falando, talvez seja melhor escolher outro programa nesse dia. Se você quer saber um pouco mais desse tópico, dê uma olhada nos textos sobre o abrazo.

Tem alguma regra especial?

O tango de salão tem o que se chama de códigos da milonga (ou códigos do baile), que são várias indicações para que não aconteçam problemas na festa. Você vai conhecendo eles na medida em que for aprendendo. Mas, para simplificar, é sempre bom lembrar a regra fundamental para curtir sempre qualquer situação: RESPEITO.

Tem que ir de terno, vestido vermelho e tal?

Pode ir, mas não é o comum. Nas milongas as pessoas se vestem como quem sai à noite, mas não precisa uma superprodução. O ideal são roupas confortáveis que a gente se sinta bem e que esteja acostumado a usar, que não sejam nem muito abafadas (porque se sua dançando), nem que mostrem demais ou que possam deixar a gente ou a outra pessoa desconfortável.  Os homens constumam vestir calça e camisa e as mulheres vestidos ou saias, mas dependendo da milonga e do estilo da pessoa, até jeans estão liberados. Nas práticas é bem mais livre, se vai com a roupa do dia, contando que não atrapalhe pra dançar. Nos pés geralmente se usam sapatos que estejam firmes e que deslizem um pouco no chão (calçado que se prende ao piso dificulta muito e pode machucar as articulações). Pras mulheres, não precisa ter salto, embora ajude. Mas um sapato de salto desconfortável pode ser uma péssima ideia. Boa parte das pessoas usa sapatos específicos pra dança de salão ou para tango, mas não é obrigatório. Como são sapatos feitos especificamente para dançar, são mais confortáveis e são planejados para que quem dança não se machuque. E são lindos!

Leva muito tempo pra aprender?

Depende do que se quer. Com poucas aulas já se sabe o básico e dá pra ir se experimentando na pista, especialmente nas práticas. Mas o melhor mesmo é seguir estudando, fazendo aulas, porque quanto mais se aprende, mais se curte.

Como eu faço pra aprender?

Busque um bom professor ou professora. Certamente eles não vão ensinar só os passos (o central no tango não são os passos, então fique atento!), mas vão te abrir um mundo novo e dar várias dicas. Faça uma aula experimental. Pode ir só ou em par. Dê um tempo a si mesmo para aprender o básico e vá experimentar nas práticas. Você vai sentir que está sempre melhorando e vai querer mais. É bom lembrar que todo mundo que dança tango um dia não sabia nada. Então, não tenha medo. E ouça tango, ajuda muito.

Porque dançar tango?

Bom, tem vários motivos, mas se você chegou até aqui, uma boa dica é que a curiosidade é uma ótima razão pra experimentar.

Quer dar uma espiada? O documentário La Confitería Ideal: The Tango Salon, da BBC, mostra um pouco de tudo, a começar que gente NORMAL dança tango, e muito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s