Discos, discos y discos! O 2016 tanguero em 9 álbuns

Foi o tempo em que se ficava preparado no radinho esperando pra gravar AQUELA música na fita k7 ou que economizávamos toda nossa pequena fortuna pra comprar um CD. Hoje se ouve música em qualquer lugar, mas nada se compara a ter um bom disco em primeira mão. Se for de tango, está perfeito.  Por isso, fizemos uma seleção de alguns discos lançados este ano por orquestras ou músicos solistas, todos excelentes. Entre os repertórios, desde tangos clássicos até novas composições, uns com estilos consagrados e outros que mesclam outras linguagens musicais.

Para comprar, a saga lembra um pouco aquela de ficar esperando pra gravar do rádio. Alguns discos são comprados diretamente com os músicos nos shows, outros em disquerías de Buenos Aires ou ainda pela internet. Buenos Aires tem muitas lojas de discos. Em uma caminhada na Corrientes ou na Lavalle é possível fazer uma  boa coleção, inclusive com discos ótimos nos saldos. Ojo! Como dica, fica a Zivals, na Callao, 395 (esquina com Corrientes) e a Tangos, na Lavalle, 582 (quase esquina com a Florida), esta com um atendimento especialista.

Orquesta Típica Tanturi

Orquestra milongueira, nascida em 2015, homenageia o maestro Ricardo Tanturi. Uma maravilha de disco.

Orquesta Típica La Vidu

Nascida em 2005, lançou este ano seu terceiro disco, 3 Rojo. Aqui o clip de uma das músicas novas. A orquestra tem um estilo único e forte, convidativo pra bailar.

La Chicana

Grupo com uma história de mais de 20 anos, mescla tango com outros estilos, como folclore e rock. Lançou este ano La Pampa Grande, com músicas inéditas e arranjos especiais, inclusive de canções brasileiras, como Valsa para uma menininha, de Toquinho e Vinícius, cantada por Dolores Solá e Vitor Ramil. Lindíssima!

El Cachivache Quinteto

Na finaleira do ano, estreiam novo disco, um dos sonidos mais diferenciados entre as propostas atuais, com Tango Punk Vol. II. O grupo começou sua história em 2008 e a cada disco convida os dançantes a se experimentarem em outros estilos.

Aqui uma das músicas do novo álbum.

Orquesta El Arranque

Com uma história mais longa, desde 1996, já tem uma trajetória de 10 discos e um DVD, gravando temas próprios e outros clássicos. Este ano lançou 20 Años / En Vivo en Café Vinilo.

Show recente no Café Vinilo, de lançamento do disco.

Orquesta Típica Julian Peralta

Em atividade desde 2009, lançou em 2016 Un disparo en la noche Vol. 2, com músicas de compositores atuais e faixas cantadas por diferentes cantoras e cantores. E para completar, disponibilizam o disco da íntegra no Youtube!

Orquesta de Tango de la UNA

Em 2016, lançou seu segundo disco, Mixturas. Neste mesmo ano ganhou o Prêmio Gardel pelo CD El Rejunte. Mais aqui.

Lidia Borda

Cantora com intensa trajetória tangueira e vasta produção discográfica, lançou este mês Lidia Borda en Vivo, Teatro Coliseo.

Ariel Ardit

Cantor que iniciou sua carreira em Almagro, no Boliche de Roberto, teve uma longa passagem pela Orquesta El Arranque e hoje tem uma consolidada trajetória como solista. Este ano estreou Gardel Sinfónico, com a Filarmônica de Medellin.

Em Porto Alegre tem novidades quentíssimas também, logo contamos tudo!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s